sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Tutorial sobre o NVDA - 3º Episódio

Como já é habitual, cá estamos novamente com mais uma sessão sobre o NVDA.
Desta vez, vamos conhecer como escolher um sintetizador, configurar a voz ao nosso gosto, perceber quando estamos a dar um erro de ortografia ao escrever, além de outras funcionalidades. Será explicado como fazer tudo isso através do menu do NVDA, ou de uma simples combinação de teclas de atalho.
E sabiam que é possível criar perfis de configuração, para que o NVDA se comporte como desejamos, na aplicação que escolhemos? Fiquem a saber tudo, descarregando e ouvindo mais este episódio!

Link de descarga:

https://meocloud.pt/link/37d9d38e-c9a5-40c2-85ef-e21832ea9989/nvda3.mp3/

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Tutorial sobre o NVDA - 2º episódio

Aqui está o segundo episódio deste tutorial. Nele vamos ficar a conhecer alguns dos conceitos mais básicos do NVDA. Diálogo de boas vindas, esquemas de teclado e tecla modificadora.
Sublinhamos também as diferenças entre a versão instalada e a cópia portátil, cuja criação também é demonstrada.
Finalmente, mostramos como atualizar o NVDA, e descrevemos alguns comandos para situações práticas. A não perder!

https://meocloud.pt/link/9facc62d-dc80-469e-8f82-d7efefc86d65/nvda2.mp3/

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Visão Inclusiva de Fevereiro

Sejam muito bem vindos a mais um Visão Inclusiva. Na segunda edição de 2018, damos conta de mais uma das obras do nosso fundo local que estamos a produzir em versão áudio, escrita pelo saudoso professor Josias Gil.
Em seguida, fazemos referência aos eventos culturais na cidade, que são sempre um bom pretexto para um passeio ou visita em família.
Guardamos a parte tecnológica para o fim, e desta vez, trazemos um dos addons mais úteis do NVDA, o Golden Cursor, que permite memorizar posições do rato onde depois vamos clicar. Muito útil especialmente em programas com controlos inacessíveis.
Link de descarga:

https://meocloud.pt/link/411fbe22-aa18-42ce-a651-a4c654cb25dd/fevereiro2018.mp3/

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Tutorial sobre o NVDA - 1º Episódio

Já aqui falámos sobre 10 razões pelas quais não ter receio de migrar para este leitor de ecrã. E como prometido, aqui deixamos o primeiro artigo desta série, que esperamos ser de proveito. Talvez já sem nada de novo para quem utiliza regularmente, mas sem dúvida bem a propósito para quem está no início.
Todas as semanas, vamos postar um episódio abordando aspectos práticos como comandos de teclado, navegação na internet, etc. Não percam!
Link de descarga:

https://meocloud.pt/link/20d625fd-3361-4a4c-add7-501f84425c64/nvda1.mp3/

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

10 razões para não ter medo de migrar para o NVDA

Como fazer uma transição para o NVDA com o mínimo de desconforto?

Se queremos fazer uma transição do JAWS para o NVDA, por exemplo, no princípio pode ser um pouco confuso, pois há alguns comandos que vão ser necessariamente diferentes.
No entanto, podemos considerar pelo menos 10 razões para fazer a tentativa.

1: O NVDA é um leitor de ecrã gratuito, desenvolvido por cegos e para os cegos.
Desde que foi criado em 2006, tem sido desenvolvido de uma maneira que hoje está muito equivalente aos leitores comerciais.

2: Está traduzido de raís em cerca de 60 idiomas, incluindo português do Brasil e Portugal.
E quando se fala na tradução de raís, inclui programa de instalação e manual de ajuda.

3: Se o JAWS tem a possibilidade de se desenvolverem scripts, e o Window Eyes oferece a possibilidade de incorporar set files para diferentes aplicações, no NVDA foi implementado um sistema de extras que melhoram a acessibilidade nas mais diversas aplicações, incluindo o próprio sistema operativo e algumas das modernas apps desenvolvidas para o windows 8 e 10.
Os portugueses Rui Baptista e Rui Fontes têm tido um contributo importante na introdução e  desenvolvimento desse sistema, mantendo atualizada a tradução de novas funcionalidades.

4:  Apesar de ser gratuito e usar uma tecnologia bastante diferente dos leitores comerciais, o NVDA tem muitos comandos semelhantes aos dos outros leitores de ecrã.

5: O NVDA oferece já suporte para a maioria das aplicações do office mais utilizadas.
Exemplos: word e powerpoint.

6: A cada versão tem-se melhorado também o suporte a uma variada gama de linhas braille.

7: É possível utilizar praticamente todas as vozes que se utilizam com os outros leitores, incluindo as novas vozes core do windows que já vêm configuradas no narrator.

8: Na Internet, o NVDA é bastante fluido e proporciona um modo de navegação facilitado, tal como no caso do jaws.

9: As versões mais recentes oferecem já a posssibilidade de criar perfis de configuração para uma utilização mais rápida e adaptada às necessidades do utilizador.

10: Embora o NVDA não possua um cursor que simula o movimento do rato, como acontece no
JAWS, existe um modo de navegação no ecrã chamado navegação por objetos, que pode compensar essa falta, usado em conjugação com os botões simuladores dos clicks do rato.

Muito em breve, neste espaço, iremos disponibilizar um tutorial o mais completo possível sobre este leitor de ecrã, que tem possibilitado a milhares de pessoas cegas em todo o mundo, o acesso à educação, informação, cultura e entretenimento.

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Visão Inclusiva Janeiro 2018

Estimados utilizadores:
Abaixo, o link para a primeira edição do Visão Inclusiva deste ano de 2018, onde além da habitual referência à atividade do nosso centro, convidamos quem quiser a visitar a nossa cidade e a passar bons momentos com as iniciativas das diverssas instituições culturais.

E como as novas tecnologias são já parte do nosso dia a dia, demonstramos a aplicação MBWay num telemóvel com o sistema Android.
Não percam!


https://meocloud.pt/link/2b2aa63a-3ced-48ea-afbc-d98651a29b14/janeiro2018.mp3/

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Visão Inclusiva Dezembro 2017

Sejam todos bem vindos à edição de dezembro do Visão Inclusiva.
Além da habitual divulgação cultural, que neste mês é bem diversificada, falamos sobre a aplicação Seeing AI, que já está disponível na app store europeia, e descrevemos brevemente o Switch, uma aplicação que pode converter ficheiros com a extensão .opus como mensagens do Whatsapp, para mp3.
Aproveitamos para convidar os interessados a inscreverem-se na ação de formação sobre o NVDA, que terá lugar no início de 2018. Abaixo, o link de descarga.

https://meocloud.pt/link/46258d5e-fbcf-43af-af4b-4e1d5bab432a/dezembro2017.mp3/